segunda-feira, 8 de novembro de 2010

LOVE

Well...today I felt like writing in English. I didn’t know what to write. To inspire me I heard music, more properly Eminem. And one of his song’s ‘No Love’. Well the song doesn’t speak directly of war...but when we see the news, what are they talking? WAR, WAR, WAR!!! People dying through the entire world...dying to starve, dying of disease.


In the world doesn’t exist love...Are rare the people that feel real love.



When I found the person I really love, I found in me new feelings...and I understood that human beings are capable of feeling true love...for her I do everything, I die for... I’m talking about my BEST FRIEND EVER...my sister!!!



I LOVE YOU SISTER!!!

quinta-feira, 4 de novembro de 2010

Perdida


Por vezes vemos a nossa vida desabar do dia para a noite. Vemos tudo passar-nos a frente, tudo o que gostamos desmoronar-se, o nosso mundo cai, senti mo nos completamente à deriva. Lutar contra o que sinto deixar fugir quem amamos. É duro!! Sentir um nó no estômago.

Olhar para trás e ver a miserável vida que tive, sempre estive sozinha, sempre que tinha problemas tive de aprender a resolve-los sozinha. E agora, de repente, lembraram-se que eu existo, às vezes é preciso estar quase a perder alguém para lhe dar o devido valor. Mas agora é tarde...mesmo que quisessem não conseguiam.

A única vontade que tenho é desaparecer, morrer, assim acabava-se todo o meu sofrimento. Sofro demais, todos os dias luto contra o que sinto, contra tudo o que sou. Doí, magoa, deixa uma ferida bem grande, que irá levar muito tempo a sarar.

Levantar-me todos os dias de manhã é um desafio, a única vontade que tenho é ficar deitada a chorar é a única coisa que me apetece fazer. É triste, é a vida.